totalmente Heartbreaking

Por favor repassar o presente em todos os lugares na Austrália, não só os agricultores que precisam de nossa ajuda os animais fazem bem. Mesmo se você pode hospedar os cães até chegar vezes melhor seria uma grande ajuda. Tempo para as pessoas da cidade para realmente cavar e ajudar a nossa rural companheiros australianos. Assim como fizemos durante o fiasco leite importado e as agulhas nos morangos desgraça, mostramos que podemos e estão dispostos a cavar e ajudar os nossos agricultores. O espírito Aussie do companheiro ajudando companheiro mostrou suas verdadeiras cores. Tenho orgulho de ser um.

Working dogs find refuge in the city as drought-affected farmers surrender them

A lady with two dogs with bandaged paws.FOTO: Rebecca Cooke is fostering dogs burnt in the recent NSW bushfires. (fornecido: Natalie Haddock)

As farmers continue to feel the ongoing affects of drought, many are having to give their beloved four-legged mates away but luckily their city neighbours are stepping up to help.

Pontos chave:

  • Dozens of dogs are being surrendered by drought-stricken farmers to refuges in metropolitan cities
  • Recent fires in NSW have seen a rise in the number of dogs surrendered from properties in drought
  • Many dogs are older and near retirement age, making the transition to life in the city easier

Dozens of working dogs have been surrendered from properties throughout Queensland and New South Wales as farmers have struggled to afford to feed and look after them.

Natalie Haddock has been running Brisbane’s Eavings Rescue, an organisation dedicated to rehabilitating and rehoming dogs, and has seen a recent influx of kelpies, border collies and other working dog breeds.

In one extreme case, Ms Haddock saw 25 dogs from one farm surrendered.

Border collies in the back of a truckFOTO: Dog owners on properties are finding it hard to keep their dogs fed. (fornecido: Natalie Haddock)

We’re seeing people who usually wouldn’t [surrender their dogs] having to because they’re destocking their properties as there is nothing for them,” ela disse.

They’ve got no income, they’ve got no work for the dogs … they literally just don’t have the money to feed them or water them.

Country dogs love the city life

Ms Haddock said the positive side was more and more farmers were bringing their dogs to rescue organisations to help them find a loving home, rather than seeing the dogs end up at the pound or being put down.

Lady kneeling with her foster dog Shelby.FOTO: Inner-city resident Lisa with her foster dog Shelby. (fornecido: Natalie Haddock)

Fostering [cães] in a home helps them adjust to city life,” ela disse.

Although they do remember what they used to do on the farm, it’s all about the adjustment time.

Ms Haddock was quick to point out that a lot of the dogs surrendered were at retirement age of about eight or nine, and did not need as much space or activity as their younger counterparts.

Kelpies don’t need a lot of space, apenas a atividade mental e um pouco de atividade física - especialmente com os cães mais velhos,” ela disse.

“Eles realmente não me importo de dormir, enquanto eles estão recebendo uma boa caminhada todos os dias.

“Eles encontrar grandes casas na cidade.”

Shelby, um cão rendeu a partir de uma propriedade em NSW rural, tem vivido em centro da cidade de Brisbane com seu novo proprietário, Lisa.

“O cão está adorando,” Ms Haddock disse.

“Ela vai para uma caminhada [e] começa a ver todas estas coisas novas.

“Lisa disse que ela estava indo para transformá-la em um pouco de um cão moderno e colocou um lenço sobre ela.”

Cães resgatados após incêndios florestais NSW

Rebecca Cooke recentemente promoveu dois cães de uma propriedade em NSW que não só foram sofrendo com a seca, mas tinha sido queimada nos incêndios florestais recentes.

“Eles têm queimaduras graves nas almofadas de seus pés e eu estou dando-lhes um lugar para descansar e recuperar a sua força,” ela disse.

“Gosto de saber que eu mudei totalmente a sua vida e eu estou dando-lhes uma segunda chance - é um tal sentimento de alegria que você não obter de qualquer outra coisa.”

Ms Cooke disse que ela tinha sorte de ter os meios e a sala para promover cães antes que eles encontraram a sua casa para sempre.

“É gratificante e agridoce quando você vê-los ir para sua nova casa,” ela disse.

“É esse sentimento feliz-triste e maravilhoso vê-los ir para algum lugar onde eles são tanto amava.”

Sem fim à seca à vista, Ms Haddock disse que não tem havido falta de cães que precisam ser promovido ou adotado.

Ela exortou as pessoas a registrar seu interesse com seus refúgios local do cão.

“É OK para estar nervoso no início,” Ms Hassock disse.

“Basta tratá-los como seu próprio e eles vão responder a isso.”

Fonte: https://www.abc.net.au/news/2019-10-17/drought-dogs-find-refuge-in-the-big-city-as-farmers-surrender/11607282

Exitos: 49

Deixe uma resposta